16 maio, 2021

Pétala nº 3273

Sou um homem invisível. Não, não sou um fantasma como aqueles que importunavam Edgar Allan Poe; também não sou um dos ectoplasmas dos filmes de Hollywood. Sou um homem de substância, de carne e osso, músculos e líquidos, e pode mesmo dizer-se que possuo uma mente. Sou invisível, compreendam, simplesmente porque as pessoas se recusam a ver-me. (...)
Não sou nenhuma aberração da natureza nem da história. Não me envergonho de os meus avós terem sido escravos. Só me envergonho de mim próprio por em certa altura me ter envergonhado.” 

Primeiro parágrafo do romance "Homem invisível", de RALPH ELLISON, escritor norte-americano (1914-1994)


"Não deixes que nenhum branco te faça confidências, porque depois 
ele fica envergonhado e passa a odiar-te. A verdade é que já te odiava."

Se ainda não leu este portentoso primeiro romance publicado em 1952 e considerado a melhor obra afro-americana de sempre, recomendo que o faça!


21 comentários:

  1. Aceito a dica porque eu não o li.
    Estou de volta depois de três dias de cama, com febre, dores no corpo todo, vómitos e inchaço nos pés e mãos. E como toda a gente me diz que o pior é a segunda dose, estou bem arranjada. Bom mas o que interessa é que hoje já estou bem.
    Abraço, saúde e bom domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um livro fabuloso. Leia.
      Amiga Elvira estive 3 dias com dores terríveis no corpo todo, mas nada mais.
      Tenho a segunda dose marcada para Julho... e fiquei agora sem chão. Tudo outra vez? Socorro!!!
      Beijo, feliz domingo.

      Eliminar
  2. Não, ainda não li, mas já ouvi falar.

    ResponderEliminar
  3. Também não li! Deve valer,mas ando economizando olhos,rs...beijos, chica

    ResponderEliminar
  4. Não conheço e fico logo com vontade de comprar...mas depois vão-se acumulando e não vou ter tempo de vida para ler tudo o que tenho.

    Pode ser que viva até aos 100, com boa vista! 😂🤣😊

    Boa semana:))

    ResponderEliminar
  5. PS: Fui ver ao site Wook e está esgotado. Pronto: acaba-se-me o problema de o comprar ou não!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel, se quiser ler muito, muito, muito... eu posso emprestar.
      Bjs
      (Posso compartilhar que já recebi, através do Rol, pedidos de digitalização de determinadas páginas. Que eu enviei.)

      Eliminar
  6. Também não li esse livro. Já tinha ouvido falar deste Livro, "O HOMEM INVISÍVEL". Será por certo excelente.
    Nada pior do que ser vítima de qualquer descriminação. Em particular de racismo.

    Um ótimo timo domingo, amiga Teresa!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde, amiga Teresa

    Um livro que não posso deixar de ler.
    Obrigada pela dica.
    Beijos
    Olinda

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde Teresa,
    Deve ser um livro com muito interesse.
    Vou anotar.
    Um beijinho e ótimo domingo.
    Ailime

    ResponderEliminar
  9. Acredito que seja um livro fascinante de ler. A estória parece-me ser intensa, profunda, digna de ser lida.
    .
    Um domingo feliz … Abraço.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  10. Não li. Também não sei se vou ler. Há muita coisa boa que vou deixando para trás por haver pela frente outras que julgo melhores. Mas fica a nota.
    Boa tarde de domingo, Teresa.

    ResponderEliminar
  11. Não sou de leituras. Porém ando a terminar o primeiro livro, na minha vida, de 440 folhas :) Vou ficar com o bichinho da leitura. Esse livro parece bom!:)
    -
    É preciso acreditar, para vencer
    -
    Beijos e um excelente Domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidália, este tem 470 páginas de texto denso, bem escrito. A história é mais pesado que o livro, mas cativante.
      Não tenha medo do bichinho da leitura, logo, logo, ele será um dos seus melhores amigos.
      Beijo, bom resto de domingo.

      Eliminar
  12. Recomendação anotada minha amiga
    Uma semana abençoada
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. «Só me envergonho de mim próprio por em certa altura me ter envergonhado.»
    Achei
    que essa
    foi, era
    a verdadeira
    pétala

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não fosse pétala não estaria lá em cima.
      Misturei o primeiro parágrafo do prólogo, com duas frases do segundo parágrafo do primeiro capítulo. Achei que fazia sentido.
      Juro, este romance é uma pétala.
      Beijo, Rogerito.

      Eliminar
  14. Não, não li.
    E vou ler.
    Beijo, boa semana

    ResponderEliminar
  15. Conheço o livro, mas não li.
    Tenho lido novos autores que têm aparecido com grande qualidade.
    Mas registo com agrado a sugestão.

    Beijo!

    ResponderEliminar
  16. Que forte isso, hein, Teresa...Imagino ser uma leitura necessária, ótima dica!
    Abraço!

    ResponderEliminar