28 fevereiro, 2018

Pétala nº 2104

“Não faças planos para a vida, para não estragares os planos que a vida possa ter para ti.” 
AGOSTINHO DA SILVA , filósofo e ensaísta português (1906-96)

27 fevereiro, 2018

Pétala nº 2103

“Se queres aprender a orar, entra no mar!” 
ANA MARGARIDA DE CARVALHO, escritora portuguesa (1969), in “Não se pode morar nos olhos de um gato”, Ed. Teorema, 2016

26 fevereiro, 2018

Pétala nº 2102

"A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde." 
ANDRÉ MALRAUX, escritor francês (1901-76)

25 fevereiro, 2018

Pétala nº 2101

“Quem de novo não morre, de velho não escapa.”
ANA MARGARIDA DE CARVALHO, escritora portuguesa (1969), in “Não se pode morar nos olhos de um gato”, Ed. Teorema, 2016

24 fevereiro, 2018

Pétala nº 2100

“Toda a saudade é uma espécie de velhice. É por isso que os olhos dos velhos vão se enchendo de ausências.” 
RUBEM ALVES, teólogo, pedagogo, poeta e filósofo brasileiro (1933-2014)

23 fevereiro, 2018

Pétala nº 2099

“… duas pessoas em silêncio dão sempre muito que dizer.” 
ANA MARGARIDA DE CARVALHO, escritora portuguesa (1969), in “Não se pode morar nos olhos de um gato”, Ed. Teorema, 2016

22 fevereiro, 2018

Pétala nº 2098

“Nosso verdadeiro amigo é aquele que não nos desculpa nada e nos perdoa tudo.” 
CONDESSA DIANE, escritora francesa (1829-99)

21 fevereiro, 2018

Pétala nº 2097

“Nunca mostreis um copo de água a um afogado, nem uma corda a um enforcado, que vos digo eu.”
ANA MARGARIDA DE CARVALHO, escritora portuguesa (1969), in “Não se pode morar nos olhos de um gato”, Ed. Teorema, 2016

20 fevereiro, 2018

Pétala nº 2096

“Para o desejo do meu coração, o mar é uma gota” 
 ADÉLIO PRADO, poetisa, professora, filósofa e contista brasileira (1935-)

19 fevereiro, 2018

Pétala nº 2095

“Quem vê o mar não o conhece, olha e sente-o, só não o pode saber.”
ANA MARGARIDA DE CARVALHO, escritora portuguesa (1969), in “Não se pode morar nos olhos de um gato”, Ed. Teorema, 2016

18 fevereiro, 2018

Pétala nº 2094

“Só há felicidade se não exigirmos nada do amanhã e aceitarmos do hoje, com gratidão, o que nos trouxer. A hora mágica chega sempre.” 
HERMANN,  HESSE escritor alemão (1877-1962), in “Siddhartha”, Ed. Casa das Letras, 1998 
Prémio Nobel de Literatura, 1946

17 fevereiro, 2018

Pétala nº 2093

“Se os deuses não dormem, porque os sonham os homens?” 
ANA MARGARIDA DE CARVALHO, escritora portuguesa (1969), in “Não se pode morar nos olhos de um gato”, Ed. Teorema, 2016

16 fevereiro, 2018

Pétala nº 2092

“O mar não é um obstáculo; é um caminho.” 
AMYR KLINK, navegador e escritor brasileiro (1955-)

15 fevereiro, 2018

Pétala nº 2091

“Quase todos os homens querem voltar a ser meninos, ou reis, ou craques de futebol, ou multimilionários.” 
PHILIP ROTH, escritor americano (1933-2018 ), in “O escritor fantasma”, Ed. D. Quixote, 2017

14 fevereiro, 2018

Pétala nº 2090

“Aos incapazes de gratidão nunca faltam pretextos para não a ter.” 
GUSTAVE FLAUBERT, escritor francês (1821-80)

13 fevereiro, 2018

Pétala nº 2089

“Por teus olhos que nunca olharam
os meus que te olham trocaria.” 
PABLO NERUDA, poeta chileno (1904-73), in "Crepusculário", 1923 
Prémio Nobel da Literatura, 1971

12 fevereiro, 2018

Pétala nº 2088

“Que é pois o tempo? Se ninguém me pergunta, eu sei; mas se quiser explicar a quem me indaga, já não sei.” 
SANTO AGOSTINHO (Agostinho de Hipona), teólogo e filósofo (354-430)

11 fevereiro, 2018

Pétala nº 2087

“ «Simpatizar com pessoas» é muitas vezes uma fraude como outra qualquer.”
PHILIP ROTH, escritor americano (1933- ), in “O escritor fantasma”, Ed. D. Quixote, 2017

10 fevereiro, 2018

Pétala nº 2086

“E é nisto que se resume o sofrimento: 
cai a flor, — e deixa o perfume 
no vento!” 
CECILIA NEIRELES, jornalista, escritora e professora brasileira (1901-64)

09 fevereiro, 2018

Pétala nº 2085

“A Vida É Embaraçosa.”
Philip Roth, escritor americano (1933- 2018), in “O escritor fantasma”, Ed. D. Quixote, 2017

08 fevereiro, 2018

Pétala nº 2084

“A gratidão perfuma as grandes almas e azeda as almas pequenas.” 
Honoré de Balzac, escritor francês (1799-1850)

07 fevereiro, 2018

Pétala nº 2083

“Quem me dera saber tanto sobre qualquer assunto…”
PHILIP ROTH, escritor americano (1933-2018 ), in “O escritor fantasma”, Ed. D. Quixote, 2017

06 fevereiro, 2018

Pétala nº 2082

"O ego é um bom escravo, mas não é um senhor capaz.”
MARIA FERNANDA, autora do blogue “ALEATORIAMENTE”

05 fevereiro, 2018

Pétala nº 2081

“Minha vida é um castelo sem janelas e portas
e para que não venhas por este caminho,
                                                                  eu o desvio."
PABLO NERUDA, poeta chileno (1904-73), in "Crepusculário", 1923 
Prémio Nobel da Literatura, 1971

04 fevereiro, 2018

Pétala nº 2080

“A vida sem luta é um mar morto no centro do organismo universal.” 
MACHADO DE ASSIS, escritor brasileiro (1839-1908)

03 fevereiro, 2018

Pétala nº 2079

“Que a vida se esgote, irmão, 
não no divino mas no homem, 
não nas estrelas mas nas tuas mãos."
PABLO NERUDA, poeta chileno (1904-73), in "Crepusculário", 1923 
Prémio Nobel da Literatura, 1971

02 fevereiro, 2018

Pétala nº 2078

“Homem livre, tu sempre gostarás do mar”.
CHARLES BAUDELAIRE, poeta francês (1821-67)

01 fevereiro, 2018

Pétala nº 2077

“Nunca, mulher, raio de luz, branca polpa de maçã,
abrandes os passos que não te fizerem sofrer,
semeemos a planície antes de arar a colina.
Viver será primeiro, depois será morrer.
PABLO NERUDA, poeta chileno (1904-73), in "Crepusculário", 1923 
Prémio Nobel da Literatura, 1971