31 julho, 2014

Pétala nº 796

“O dinheiro não traz felicidade, mas provoca uma sensação tão semelhante que é preciso um especialista para verificar a diferença”. 

 Woody Allen, cineasta americano (1935-)

30 julho, 2014

Pétala nº 795

“Quem não sabe perdoar só sabe coisas pequenas.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

29 julho, 2014

Pétala nº 794

“A nossa vida é passar a vida a ter medo”.

Carlos Amaral Dias, psiquiatra português (1946-)

28 julho, 2014

Pétala nº 793

“As pessoas que não leem apagam-se do mapa de deus.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

27 julho, 2014

Pétala nº 792

“A alegria não está nas coisas, está em nós.”

 Goethe, escritor alemão (1749-1832)

26 julho, 2014

Pétala nº 791

“As mães têm um sonda que assinala os filhos num mapa emocional muito preciso.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

25 julho, 2014

Pétala nº 790

“Ser pela liberdade não é apenas tirar as correntes de alguém, mas viver de forma que respeite e melhore a liberdade dos outros.” 

Nelson Mandela, estadista sul-africano (1918-2013) 
Prémio Nobel da Paz, 1993

24 julho, 2014

Pétala nº 789

“Rezar é como dar corda à morte. Quanto mais rezamos, mais encomendados a deus estamos.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

23 julho, 2014

Pétala nº 787

“Uma vida sem desafios não vale a pena ser vivida”. 

 Sócrates, filósofo da Grécia Antiga (-470/-399)

22 julho, 2014

Pétala nº 788

“A poesia é a linguagem segundo a qual deus escreveu o mundo.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

21 julho, 2014

Pétala nº 786

“A felicidade é um problema individual. Aqui, nenhum conselho é válido. Cada um deve procurar por si, tornar-se feliz.” 

 Sigmund Freud, médico inglês, fundador da psicanálise (1856-1939)

20 julho, 2014

Pétala nº 785

“O tempo também se conta pelos desgostos.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

19 julho, 2014

Pétala nº 784

“Um homem que não se alimenta dos seus sonhos, envelhece cedo.” 

 William Shakespeare, dramaturgo e poeta inglês (1564-1616)

18 julho, 2014

Pétala nº 783

“Descobrir o nome e o significado de Deus não compete a ninguém.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

17 julho, 2014

Pétala nº 782

“Ninguém é mais escravo do que aquele que se julga livre.” 

 Goethe, escritor alemão (1749-1832)

16 julho, 2014

Pétala nº 781

“Quem tem filhos precisa do futuro.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

15 julho, 2014

Pétala nº 780

“As horas batem indiferentemente para todos e soam diferentemente para cada um.” 

 Marie de Beausacq, escritora francesa (1829-1899)

14 julho, 2014

Pétala nº 779

“A solidão não existe. É uma ficção das nossas cabeças.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

13 julho, 2014

Pétala nº 778

“O fracasso não tem amigos.”

 John Fitzgerald Kennedy, presidente dos EUA (1917-1963)

12 julho, 2014

´Pétala nº 777

“Aprender a solidão não é senão capacitarmo-nos do que representamos entre todos.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

11 julho, 2014

Pétala nº 776

“A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família.” 
LIEV TOLSTÓI, escritor russo (1828-1910)

10 julho, 2014

Pétala nº 775

“… a morte é um exagero. Leva demasiado. Deixa muito pouco.” 

 Valter Hugo Mãe, escritor português (1971-),in “A Desumanização”, Porto Editora, 2013

09 julho, 2014

Pétala nº 774

“Ser contestado é ser constatado.”

 Victor Hugo, escritor francês (1802-59)

08 julho, 2014

Pétala nº 773

“Com a ajuda de Eros vamos caminhando, cada um de nós, em busca da metade que nos falta.” 

Saul Bellow, escritor americano (1915-2005), in “Ravelstein”, Ed. Teorema, 2001 
Prémio Nobel de Literatura, 1976

07 julho, 2014

Pétala nº 772

“Aceita o conselho dos outros, mas nunca desistas da tua própria opinião.” 

 William Shakespeare, dramaturgo e poeta inglês (1564-1616)

06 julho, 2014

Pétala nº 771

“Quanto mais te disfarçares, mais te parecerás a ti próprio.” 

José Saramago, escritor português (1922-2010), in “O homem duplicado”, Ed. Caminho, 2002 
Prémio Nobel de Literatura, 1998

05 julho, 2014

Pétala nº 770

“A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita.”
MAHATMA GANDHI, líder espiritual indiano (1869-1948)

04 julho, 2014

Pétala nº 769

“O caos é um ordem por decifrar.” 

José Saramago, escritor português (1922-2010), in “O homem duplicado”, Ed. Caminho, 2002 
Prémio Nobel de Literatura, 1998

03 julho, 2014

Pétala nº 768

“A maior parte das coisas que dizemos e fazemos não é necessária; quem as eliminar da própria vida será mais tranquilo e sereno.” 

Marco Aurélio, imperador da Roma Antiga, (121-180)

02 julho, 2014

Pétala nº 767

“Há coisas que nunca se poderão explicar por palavras.” 

José Saramago, escritor português (1922-2010), in “O homem duplicado”, Ed. Caminho, 2002 
Prémio Nobel de Literatura, 1998

01 julho, 2014

Pétala nº 766

“O homem está sempre disposto a negar aquilo que não entende.” 

Luigi Pirandello, dramaturgo e romancista italiano (1867-1936)