31 março, 2013

Pétala nº 307

“Uma família é um perpétuo acontecer.”
 
David Grossman, escritor israelita (1954-), in “Até ao fim da terra”, Ed. Dom Quixote, 2012

30 março, 2013

Pétala nº 306

“O comportamento é um espelho em que cada um vê a sua própria imagem.”

Goethe, escritor alemão (1749-1832)

29 março, 2013

Pétala nº 305

“Conseguem imaginar a velhice? É claro que não. Compreensivelmente, é inimaginável qualquer fase da vida mais adiantada do que a nossa.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “O animal moribundo”, Ed. D. Quixote, 2006

28 março, 2013

Pétala nº 304

“Um parvo sábio é mais parvo do que um parvo ignorante.”

Molière, dramaturgo francês (1622-1673)

27 março, 2013

Pétala nº 303

“Pensem na velhice do seguinte modo: o facto de a nossa vida estar em risco é apenas um facto quotidiano. Não podemos esquivar-nos ao conhecimento daquilo que em breve nos espera. O silêncio que nos envolverá para sempre. Tirando isso é tudo a mesma coisa. Tirando isso, somos imortais enquanto vivermos.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “O animal moribundo”, Ed. D. Quixote, 2006

26 março, 2013

Pétala nº 302

“Para que levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos.”
 
Bob Marley, cantor e compositor jamaicano (1945-1981)

25 março, 2013

Pétala nº 301

“Os homens são narcisistas, não têm sentido de humor, são doidos, obsessivos, autoritários, grosseiros, ou então são muito bem-parecidos, viris e cruelmente infiéis, efeminados, ou são impotentes, ou são simplesmente demasiado estúpidos.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “O animal moribundo”, Ed. D. Quixote, 2006

24 março, 2013

Pétala nº 300

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, ria e viva intensamente antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.”
 
Charlie Chaplin, comediante britânico (1889-1977)

23 março, 2013

Pétala nº 299

"O ciúme infiltra-se. O afecto insinua-se.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “O animal moribundo”, Ed. D. Quixote, 2006

22 março, 2013

Pétala nº 298

“Quando vemos um gigante, temos primeiro de examinar a posição do sol e observar para termos a certeza de que não é a sombra de um pigmeu.”
 
Friedrich Novali, poeta alemão (1772-1801)

21 março, 2013

Pétala nº 297

"Por muito que saibamos, por muito que pensemos, por muito que maquinemos, compactuemos e planeemos, não somos superiores ao sexo. As pessoas pensam que ao amar se tornam inteiras, completas? A união platónica das almas? Eu não penso assim. Penso que estamos inteiros antes de começarmos. E o amor fractura-nos.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “O animal moribundo”, Ed. D. Quixote, 2006

20 março, 2013

Pétala nº 296

“Um homem não é infeliz porque tem ambições, mas porque elas o devoram.”
 
Montesquieu, filósofo francês (1689-1755)

19 março, 2013

Pétala nº 295

“Decididamente, eu mudava com as estações.”
 
Simone de Beauvoir, escritora francesa (19108-1986- ), in “Memórias de uma menina bem-comportada”, ed. Bertrand, 1982

18 março, 2013

Pétala nº 294

“O país não precisa de quem diga o que está errado; precisa de quem saiba o que está certo.”

Agustina Bessa Luís, escritora portuguesa (1922-2019)

17 março, 2013

Pétala nº 293

“Quero a vida, a vida toda. Sinto-me curiosa, ávida de arder mais do que qualquer outra, seja qual for a chama.”
 
Simone de Beauvoir, escritora francesa (19108-1986- ), in “Memórias de uma menina bem-comportada”, ed. Bertrand, 1982

16 março, 2013

Pétala nº 292

“A miséria também é uma herança”.

Riccardo Bacchelli, escritor italiano (1891-1985)

15 março, 2013

Pétala nº 291

“Quando se começa a ser educado, quando se é jovem e ousado, e se salta de alegria ao descobrir toda a inteligência que se esconde nesta planeta, está-se apto a exagerar a importância dessa nova e fervilhante realidade e a considerar sem importância tudo o mais.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “Casei com um comunista”, Ed. D. Quixote, 2001

14 março, 2013

Pétala nº 290

“Depois de termos conseguido subir a uma grande montanha, só descobrimos que existem ainda mais grandes montanhas para subir.”
 
Nelson Mandela, estadista sul-africano (1918-2013)
Prémio Nobel da Paz, 1993

13 março, 2013

Pétala nº 289

“Na sociedade humana, pensar é a maior de todas as transgressões.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “Casei com um comunista”, Ed. D. Quixote, 2001

12 março, 2013

Pétala nº 288

“A dúvida é o princípio da sabedoria”.

Aristóteles, filósofo da Grécia Antiga (-384/-322)

11 março, 2013

Pétala nº 287

“Nada nos ensina menos sobre a velhice do que termos vivido uma vida robusta.”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “Casei com um comunista”, Ed. D. Quixote, 2001

10 março, 2013

Pétala nº 286

“Por cultura entendo a mais intensa vida interior, a de mais batalha, a de mais inquietação, a de mais ânsia.”
 
Miguel de Unamuno, escritor espanhol (1864-1936)

09 março, 2013

Pétala nº 285

“O amor é o sentimento mais saudável, mais bonito e mais puro que há.”
 
David Grossman, escritor israelita (1954-), in “Até ao fim da terra”, Ed. Dom Quixote, 2012

08 março, 2013

Pétala nº 284

“Tenho seis regras que me ensinaram tudo o que sei: O quê?, Porquê?, Quando?, Como?, Onde?, e Quem?"

Rudyard Kipling, poeta inglês (1865-1936)

07 março, 2013

Pétala nº 283

“Há peixes que, embora sejam pequenos, não são devorados pelos peixes grandes.”
 
SusannaTamaro, escritora italiana (1957-), in “Um país para além do céu azul”, Ed. Presença, 2003

06 março, 2013

Pétala nº 282

“A mulher mais idiota pode dominar um sábio. Mas é preciso uma mulher extremamente sábia para dominar um idiota.”
 
Rudyard Kipling, poeta inglês (1865-1936)

05 março, 2013

Pétala nº 281

“Atrás das palavras há apenas palavras, mas no silêncio pode esconder-se uma coisa-ruim.”
 
SusannaTamaro, escritora italiana (1957-), in “Um país para além do céu azul”, Ed. Presença, 2003

04 março, 2013

Pétala nº 280

“Sonhos – são janelas que dão para o outro mundo.”

Lobsang Rampa, escritor inglês (1910-1981)

03 março, 2013

Pétala nº 279

“Uma vida em que nada nos faz realmente sofrer nem nada nos dá realmente prazer. É viver por viver. Porque por acaso não estamos mortos.”
 
David Grossman, escritor israelita (1954-), in “Até ao fim da terra”, Ed. Dom Quixote, 2012

02 março, 2013

Pétala nº 278

“É triste que as pessoas condenem aquilo que não compreendem.”

Lobsang Rampa, escritor inglês (1910-1981)

01 março, 2013

Pétala nº 277

“Uma pessoa é tão temerária como os seus segredos, tão execrável como os seus segredos, tão sedutora como os seus segredos, tão vazia como os seus segredos, tão perdida como os seus segredos, uma pessoa é tão humana…”
 
Philip Roth, escritor norte-americano (1933-), in “Teatro de Sabbath”, Ed. D. Quixote, 2000