30 junho, 2014

Pétala nº 765

“Não se pode exigir a toda a gente que seja sensata. Por isso o mundo está como está.” 

José Saramago, escritor português (1922-2010), in “O homem duplicado”, Ed. Caminho, 2002 
Prémio Nobel de Literatura, 1998

29 junho, 2014

Pétala nº 764

“Uma fealdade e uma velhice confessadas são, a meu ver, menos velhas e menos feias do que outras disfarçadas e esticadas.” 

Michel de Montaigne, escritor francês (1533-92)

28 junho, 2014

Pétala nº 763

“Há uma diferença entre amar realmente alguém e amar a ideia que fazemos dessa pessoa.” 

Gillian Flynn, escritora americana (1971-), in “Em parte incerta”, ed. Bertrand, 2013

27 junho, 2014

Pétala nº 762

“A vingança é uma espécie de justiça selvagem.”

Francis Bacon, filósofo inglês (1561-1626)

26 junho, 2014

Pétala nº 761

“Algumas pessoas são infelizes porque não se dão ao trabalho de serem felizes.” 

Gretchen Rubin, escritora americana, in “Projecto felicidade”, ed. Estrela Polar, 2010

25 junho, 2014

Pétala nº 760

“Um amor, uma carreira, uma revolução: outras tantas coisas que começam sem saber como acabarão.”

Jean-Paul Sartre, escritor e filósofo francês (1905-80)

24 junho, 2014

Pétala nº 759

“Os dias são longos, mas os anos são curtos.”

Gretchen Rubin, escritora americana, in “Projecto felicidade”, ed. Estrela Polar, 2010

23 junho, 2014

Pétala nº 758

“A missão do homem sábio é ser feliz.”

Samuel Johnson, escritor e pensador inglês (1709-84)

22 junho, 2014

Pétala nº 757

“Fazendo um pouco todos os dias, podemos alcançar muito.” 

Gretchen Rubin, escritora americana, in “Projecto felicidade”, ed. Estrela Polar, 2010

21 junho, 2014

Pétala nº 756

“Os olhos têm de viajar.”
 
Diana Veeland, francesa, ícone da moda internacional (1903-89)

20 junho, 2014

Pétala nº 755

“As pessoas não reparam tanto nos nossos erros quanto nós pensamos.”

Gretchen Rubin, escritora americana, in “Projecto felicidade”, ed. Estrela Polar, 2010

19 junho, 2014

Pétala nº 754

“O amor não existe; só existem as provas de amor.”

Pierre Reverdy, poeta francês (1889-1960)

18 junho, 2014

Pétala nº 753

“O segredo de um casamento firme é deixar pelo menos três coisas por dizer em cada dia.”
 
Gretchen Rubin, escritora americana, in “Projecto felicidade”, ed. Estrela Polar, 2010

17 junho, 2014

Pétala nº 752

“Nem sempre somos felizes quando somos bons; mas somos sempre bons quando estamos felizes.”
 
Oscar Wilde, escritor irlandês (1854-1900)

16 junho, 2014

Pétala nº 751

“Abraçar alivia o stress, aumenta a sensação de proximidade e até mitiga a dor.”
GRETCHEN RUBIN, escritora americana, in “Projecto felicidade”, ed. Estrela Polar, 2010

15 junho, 2014

Pétala nº 750

“Uma consciência atormentada é como um pelo na boca.”

Mark Twain, escritor americano (1835-1910)

14 junho, 2014

Pétala nº 749

“… depois de uma certa idade ficamos velhos de mais para aprender seja o que for.”
 
J. M. Coetzee, escritor sul africano (1940-), in “Desgraça”, ed. D. Quixote, 2000
Prémio Nobel de Literatura, 2003

13 junho, 2014

Pétala nº 748

“Quando o aluno está pronto, o professor aparece.”

Ditado budista.

12 junho, 2014

Pétala nº 747

“A vingança é como um incêndio. Quanto mais devora, mais fome tem.”
 
J. M. Coetzee, escritor sul africano (1940-), in “Desgraça”, ed. D. Quixote, 2000
Prémio Nobel de Literatura, 2003

11 junho, 2014

Pétala nº 746

“Tudo é demasiado caro quando não é necessário.”

James Joyce, escritor irlandês (1882-1941)

10 junho, 2014

Pétala nº 745

“Vinho e música: um ritual entre homens e mulheres. Não há nada de errado com os rituais, foram inventados para amenizar os momentos embaraçosos.”
 
J. M. Coetzee, escritor sul africano (1940-), in “Desgraça”, ed. D. Quixote, 2000
Prémio Nobel de Literatura, 2003

09 junho, 2014

Pétala nº 744

“Para salvar o crédito é preciso ocultar a perda.”

Jean de La Fontaine, escritor francés (1621-95)

08 junho, 2014

Pétala nº 743

“… a poesia ou nos fala de imediato ao coração ou pura e simplesmente não nos diz nada. Um lampejo de revelação e um lampejo de resposta. Como um relâmpago. Como quem se apaixona.”
 
J. M. Coetzee, escritor sul africano (1940-), in “Desgraça”, ed. D. Quixote, 2000
Prémio Nobel de Literatura, 2003

07 junho, 2014

Pétala nº 742

"Os piores inimigos são os que aplaudem sempre."

Tácito, historiador, orador e político romano (55-120)

06 junho, 2014

Pétala nº 741

“Quem muito se desculpa, mais se acusa.”
 
 Stendhal, escritor francês (1783-1842), in “Vermelho e Negro”, ed. Inquérito.

05 junho, 2014

Pétala nº 740

“A felicidade é como a pluma que o vento vai levando pelo ar. Voa tão leve, mas tem a vida breve. Precisa que haja vento sem parar.”
 
Vinicius de Moraes, poeta e compositor brasileiro (1913-80)

04 junho, 2014

Pétala nº 739

“Não, o homem não pode confiar no homem.”
 
Stendhal, escritor francês (1783-1842), in “Vermelho e Negro”, ed. Inquérito.

03 junho, 2014

Pétala nº 738

“A verdade é que não há verdade”.

Pablo Neruda, poeta chileno (1904-1973)

02 junho, 2014

Pétala nº 737

“… as paixões são acidentes na vida…"
 
Stendhal, escritor francês (1783-1842), in “Vermelho e Negro”, ed. Inquérito.

01 junho, 2014

Pétala nº 736

“Tristeza não tem fim. Felicidade sim.”

Vinicius de Moraes, poeta e compositor brasileiro (1913-80)