22 outubro, 2021

Pétala nº 3369

Não é de esperar que as mães tenham filhos que sofram
Não é de esperar termos filhos que morram… 
Não é de esperar fazermos pessoas de má índole.” 

ASHLEY AUDRAIN, escritora canadiana (1982-), in “Instinto”, Ed. Suma de Letras, 2021




(foto net)

14 comentários:

  1. Não esperamos nada disso mas a verdade é que isso acontece.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia de muita paz, querida amiga Teresa!
    Nada disso é de se esperar.
    Creio que o pior de todos os três seja o segundo. Doloroso demais.
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos com carinho de gratidão e estima

    ResponderEliminar
  3. Tantas coisas que não esperamos, não é? Lindo fds e tudo de bom pra ti! beijos, chica

    ResponderEliminar
  4. Nada de esperar, na verdade.
    Bom fim de semana, querida amiga Teresa.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Todos sabemos, que se nasce, vive e morre. É inquestionável.
    Naturalmente, que nenhum Pai ou Mãe, espera ou pensa nisso.
    Mas são as vicissitudes da vida, que determinam todas essas circunstâncias.

    Feliz fim de semana, amiga Teresa!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Não é de estranhar todos esses acontecimentos, que esperamos que aconteça nas nossas vidas.

    O Canadá 🇨🇦 é o país convidado este ano na Feira do Livro 📚 de Frankfurt

    ResponderEliminar
  7. A fotografia das flores é que merece champanhe 🥂

    ResponderEliminar
  8. O nascer é sempre cheio de segredos e, muitas vezes, quando olhamos o reflexo da vida, somos levados a pensar sobre o mundo, os outros e nós mesmos. Aplausos!!!

    ResponderEliminar
  9. Creio que a pior coisa, para uma mãe, é ver um filho sofrer ou mesmo morrer.
    Terrível!
    Tenha um abençoado fim de semana, Teresa.
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderEliminar
  10. Fazermos pessoas de má índole? Mais um que não acredita na bondade original.
    Para mães que o sejam, o sofrimento dos filhos corresponde ao arrastar da cruz até ao calvário.

    ResponderEliminar
  11. Ninguém espera o inesperado...
    sobretudo se o inesperado dói

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde Teresa,
    Uma pérola bem verdadeira!
    Nada que alguém espere.
    Beijinhos e ótimo fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  13. O sofrimento e a morte nunca podem atingir os filhos antes dos pais.
    Isso é contra natura.
    Beijo, boa semana

    ResponderEliminar