21 junho, 2021

Pétala nº 3302

“É estranho ver como a noite apaga todas as cores, como se as considerasse uma extravagância do mundo.” 

OLGA TOKARCZUK, psicóloga e escritora polaca (1962-), in “Conduz o teu arado sobre os ossos dos mortos”, Ed. Cavalo de Ferro, 2019 
Prémio Nobel de Literatura, 2018



Verão feliz, Portugal!


Inverno feliz, Brasil!

(fotos net)

15 comentários:

  1. Feliz Verão e tudo de bom! beijos, linda semana! chica

    ResponderEliminar
  2. Nada tem de estranho, a noite ofuscar as cores. A noite é mesmo assim. No entanto, as cores mantêm-se, exatamente com o seu brilho e esplendor, quer seja noite ou dia.

    Beijinho, e feliz semana, amiga Teresa!

    ResponderEliminar
  3. A cor é a extravagância do sol. Lida pétala...
    Cuida-te bem, minha Amiga Teresa.
    Uma boa semana.
    Um beijo.
    Celebremos o solstício de verão!

    ResponderEliminar
  4. Uma constatação poética que passa ao lado da explicação científica, uma vantagem da poesia.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Muito bem. Aqui começou o Verão, numa manhã chuvosa. Agora um sol envergonhado :))
    ~~
    Queria ser, muito mais, que um Ser
    ~~
    Beijos, e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  6. Ora aí está uma coisa a que não acho estranheza nenhuma.

    ResponderEliminar
  7. Olá Teresa,
    A noite não apaga as cores, apenas brilham sob a uma outra luz!

    Beijo, e feliz semana!

    ResponderEliminar
  8. Feliz Verão, Teresa!
    Lembrei-me de uma frase de Edmond Rostand:

    "É à noite que é belo acreditar na Luz."

    Um beijinho e noite feliz!

    ResponderEliminar
  9. Oi Teresa! A pérola é linda poeticamente, mas particularmente penso que essa transição das cores é tão delicada, tão perfeita, como a nos moldar para absorver a noite e depois o dia também...aos pouquinhos se modificando.
    Abraço e boa semana!

    ResponderEliminar
  10. Gosto desta pétala.
    Abraço, saúde e uma boa semana

    ResponderEliminar
  11. A noite apaga as cores, mas em compensação permite o sereno molhar a relva, as folhas, as pétalas das flores, dá licença ao Céu para ostentar estrelas e astros na amplidão. E a Lua, musa dos poetas e dos amantes seja qual for a fase em que se encontre, luariza o olhar de quem a contempla. Pra que cores a noite, pergunto eu !!
    Maravilha de blog , de imagens e textos, adorei !!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Maria Lucia, e bem-vinda ao Pétalas.
      Pétalas minhas e de todos os que passam por aqui.
      Beijo, boa semana.

      Eliminar
  12. O Verão por aqui começa como o Inverno Brasil - muito chuvoso.
    Beijo

    ResponderEliminar
  13. Olá, querida amiga Teresa!
    A noite se fecha em si, muitas vezes. Ela quer seu próprio brilho.
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar