sábado, 15 de julho de 2017

Pétala nº 1877

“O livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um ego que guia, um morto que vive.” 

António Vieira, padre e escritor português (1608-1697)

Sem comentários:

Enviar um comentário