sábado, 10 de junho de 2017

Pétala nº 1842

“O desejo de ordem é ao mesmo tempo desejo de morte, porque a vida é perpétua violação da ordem.” 

Milan Kundera, escritor checo (1929-), in “A valsa do adeus”, Ed. Dom Quixote, 1989

Sem comentários:

Enviar um comentário